Home » Crônicas Esparsas » Bolsonaro, pode me chamar de você.

Bolsonaro, pode me chamar de você.

Cremilda

Deixe um comentário, se quiser.

E