Home » Colaborações » O ATREVIMENTO

O ATREVIMENTO

                                    (Roberto Delmanto)

O Prof . Silvio Rodrigues, grande advogado e Catedrático de Direito Civil do Largo de São Francisco, além de ter em seus livros um estilo dos mais elegantes e agradáveis, era possuidor  de uma didática incomparável.

Quem assistisse com atenção suas aulas, não se esquecia da matéria dada. À época, havia duas provas semestrais, no meio e no final do ano, esta com um exame escrito e outro oral. Estávamos no primeiro ano e, no exame oral, uma colega, boa aluna, teve”um branco”, não conseguindo responder a qualquer pergunta.

Silvio Rodrigues, percebendo o nervosismo da jovem, lhe disse, brincando:  “Se a senhora responder ‘ abacaxi’, eu lhe aprovo”. Quando ela, instintivamente, falou “abacaxi”, o Mestre a reprovou, deixando-a em segunda época, situação em que eu também fiquei por faltas, em virtude de ter aderido a uma longa greve contra a posse de outro professor. Fui muito bem na prova escrita e,logo após ela, alegre, estava em um grupo onde também se encontrava a colega do “abacaxi”.

Passando por nós, o Prof. Silvio, dirigindo-se a ela, disse: “Eu já corrigi sua prova e quero lhe dizer que a senhora tirou dez com louvor”. E acrescentou:”  Estou  lhe falando isso porque a sua reprovação na primeira época me causou um grave problema de consciência”. Foi aí, que eu  tive a infeliz ideia de perguntar-lhe: ” Quer dizer, professor, que o senhor também reprova alunas bonitas?”.

Ao que o Mestre, bem sério e me olhando fixamente,  respondeu:” Reprovo, assim como reprovo alunos que fazem perguntas como o senhor”. Assustado , resolvi estudar muito para o exame oral, conseguindo passar de ano, embora com nota próxima à mínima.

Do episódio não restou qualquer ressentimento e, mais tarde, quis o destino que, por indicação dele, eu defendesse com sucesso um contraparente seu…

Deixe um comentário, se quiser.

E