Home » Crônicas Esparsas » Imaculabilidade do governo e a ciranda da bailarina

Imaculabilidade do governo e a ciranda da bailarina

Um Comentário sobre “Imaculabilidade do governo e a ciranda da bailarina”

  1. Tales Castelo Branco disse:

    Paulo Sérgio: bela crônica. Bacana conversar com o Fabio Delmanto. Também legal lembrar do Juca Chaves. Parabéns.

Deixe um comentário, se quiser.

E